Escala de atitudes frente ao dinheiro (MAS): Teste de modelos e poder preditivo

  • Carlos Eduardo Pimentel Universidade Federal da Paraíba
  • Taciano L. Milfont
  • Valdiney V. Gouveia
  • Luis Augusto Mendes
  • Katia Vione
Keywords: Atitudes, dinheiro, consumo, escala, validade

Abstract

A importância do dinheiro e seu traço motivador de comportamentos impele que seus aspectos psicossociais sejam pesquisados. Na psicologia brasileira são escassos os estudos sobre aspectos atitudinais ou psicológicos do dinheiro. Com intuito de fomentar pesquisas neste contexto, a Escala de Atitudes frente ao Dinheiro (MAS) foi testada em dois estudos pela abordagem fatorial confirmatória. Os resultados deram suporte à versão reduzida em português, com quatro fatores: poder, retenção, desconfiança e ansiedade, todos com Alfas de Cronbach satisfatórios. Verificou-se a influência da idade nas atitudes de poder, além da eficácia da MAS para predizer comportamento de consumo. Conclui-se que esta versão da escala reúne evidências de validade fatorial e consistência interna, podendo ser utilizada em pesquisas futuras.

Author Biography

Carlos Eduardo Pimentel, Universidade Federal da Paraíba

 


Published
2013-01-22
How to Cite
Pimentel, C. E., Milfont, T. L., Gouveia, V. V., Mendes, L. A., & Vione, K. (2013). Escala de atitudes frente ao dinheiro (MAS): Teste de modelos e poder preditivo. Revista Interamericana De Psicologia/Interamerican Journal of Psychology, 46(2). https://doi.org/10.30849/rip/ijp.v46i2.310