O cuidado com a infância e sua importância para a constituição da Psicologia no Brasil

  • Filipe Degani-Carneiro Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Ana Maria Jacó-Vilela Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Abstract

Este trabalho consiste em uma investigação histórica acerca da importância do cuidado com a infância para o processo de constituição da Psicologia enquanto um campo científico e profissional autônomo no Brasil, durante as décadas de 1930 a 1960, período marcado tanto pela institucionalização do emergente saber psicológico, quanto por um renovado interesse pela questão da infância (“o futuro da nação”). Empregamos como recursos metodológicos revisão bibliográfica e documental acerca de três instituições criadas no Rio de Janeiro, às quais se voltavam à aplicação do saber psicológico dirigido à infância nos campos educacional, jurídico e da saúde. A vinculação ao cuidado e assistência à infância foi o principal fator que permitiu a Psicologia adquirir um “reconhecimento de utilidade”, culminando com a regulamentação da profissão em 1962.

Author Biographies

Filipe Degani-Carneiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia / Clio-Psyché - Programa de Estudos e Pesquisas em História da Psicologia
Ana Maria Jacó-Vilela, Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Instituto de Psicologia / Clio-Psyché - Programa de Estudos e Pesquisas em História da Psicologia
Published
2013-01-04
How to Cite
Degani-Carneiro, F., & Jacó-Vilela, A. M. (2013). O cuidado com a infância e sua importância para a constituição da Psicologia no Brasil. Revista Interamericana De Psicologia/Interamerican Journal of Psychology, 46(1). https://doi.org/10.30849/rip/ijp.v46i1.193